Pelerine Lolita

quarta-feira, 29 de abril de 2015

Dias com temperaturas mais amenas e fios novos chegando... combinação perfeita. Foi fácil escolher uma cor bem linda, pegar as agulhas e começar a fazer esse modelo que me encantou. Vi a foto em um site estrangeiro de venda de peças prontas e arrisquei a fazer um para mim.



Fiz uma parte em ponto barra 3t/3m e depois várias carreiras em correntinhas de crochê.




E para dar o "tchan!" final, franjas!!!







Vamos à receita do que eu fiz? Olha só!

Material:
3 novelos de 100 gramas de Lolita/Cisne Coleção 2015
agulhas de tricô número 6,5
agulha de crochê número 4,0

Execução:
O trabalho começa pela parte de tricô. Monte 116 pontos e trabalhe da seguinte forma: 4t * 3m, 3t, 3m, 3t*  4m. Importante: fiz quatro pontos no início e no final para ficar com uma costura legal no arremate da peça. Trabalhar dessa forma por 30cm. Arrematar. Outra dica: coloque os pontos e arremate de forma a deixar o seu tricô com elasticidade, pois a peça vai ter que entrar no seu corpo. Após arrematar, costure lateral com lateral. 




A seguir, pegue a agulha de crochê e faça o bico de correntinhas assim:
5 correntinhas, 1 ponto baixo, 5 correntinhas, 1 ponto baixo por duas carreiras
6 correntinhas, 1 ponto baixo, 6 correntinhas, 1 ponto baixo por duas carreiras
7 correntinhas, 1 ponto baixo, 7 correntinhas, 1 ponto baixo por duas carreiras
8 correntinhas, 1 ponto baixo, 8 correntinhas, 1 ponto baixo por quatro carreiras

Corte franjas de 30cm e amarre de quatro em quatro fios em cada arco de correntinhas da extremidade.




 Espero que gostem e se aventurem a fazer também.

Beijos e inté!



Coelho de tricô... Own!

segunda-feira, 30 de março de 2015



A Páscoa vem chegando e não tem como não se apaixonar por bichinhos fofos, ovinhos e decorações mimosas. Para nós que amamos as duas agulhas, encontrar um lindo coelhinho de tricô por aí é mais apaixonante ainda. E se ele for bem fácil de fazer então? Aí a gente morre de amores mesmo. Foi o que aconteceu com esse carudinho aqui. Desde a primeira vez que vi o trabalho, me encantei. Primeiro por sua simplicidade, depois pelo resultado. Adoro essas ideias que o povo tem que parece difícil mas não é. E nessa hora, a gente tem que compartilhar. Afinal, todo mundo pode se aventurar, por a mão na massa e conseguir fazer. Antes de contar onde eu aprendi, vou exibir mais um pouco o meu mais novo mascotinho.








Será que vocês gostaram dele???








Para quem se derreteu de amores como eu, vai lá no Jo So & Sew para aprender. Clique aqui e veja como é fácil! Dá para fazer de várias cores e com vários adereços. Dá para decorar a casa ou dar de presente. Dá para complementar cestas e valorizar o seu trabalho. Usei lã Mollet no meu, mas pode se aventurar em aproveitar sobras. Enfim, aproveite para curtir e fazer a coelhada se multiplicar!

Beijo a todos que passam por aqui.
Tenham uma Páscoa abençoada!!!






Para celebrar a chegada do Outono

sexta-feira, 20 de março de 2015




Que venha a estação mais gostosa do ano para tricotar e crochetar. Seja bem vindo Outono!!!!
Venha com suas cores, com seus ares mais frescos, com seu pedido de mais aconchego e proximidade. Venha nos brindar com as noites que chegam mais cedo, com seus desejos de mais calor no corpo e na alma. É a minha estação preferida, que sempre me brinda com mais criatividade e vontade de mexer com meus fios e minhas agulhas.




Dessa vez, consegui tirar da famosa "caixa de ideias" um projeto que há tempos estava engavetado: fazer uma guirlanda com os restinhos de fios que eram da minha amada avó materna. Sobras de delicados fios que passaram por suas ágeis mãozinhas. Matutei muito para arrumar um nobre final para eles. Queria tentar eternizá-los em algo que fosse delicado e singelo, assim como as doces recordações que tenho da Vó Dita. 
Enrolei as sobras dos fios sobre bolinhas de isopor de dois tamanhos diferentes que depois foram presas ao redor de um bastidor redondo encapado com tecido de algodão. A seguir vieram as delicadas pérolas, as agulhas de bambu, os fuxiquinhos de crochê e de renda guipir. Tudo meigo e carregado de saudade...
Fiquei satisfeita demais com o resultado. Meu coração se alegrou ao mexer com todo esse material carregado de saudade.



E assim, começa o meu outono deste ano.
Espero que você também possa tocar aquele projeto estacionado e que consiga chegar a um final feliz para ele... e para você também!

Bom Outono!




Tô viva e fazendo crochê!

segunda-feira, 2 de março de 2015


Quando faço coisas que eu gosto, encontro forte motivo para vir aqui e compartilhar com vocês. Sou sincera em dizer que o verão me afasta um pouco das minhas manualidades. Faço uma coisica ali outra acolá mas nada assim tão interessante. Muitas vezes nem fotografo e daí não tem como mostrar mesmo. Mas como os ares de outono começam a soprar, as agulhas voltam a me chamar... e começamos a conversar novamente.
Cores escolhidas e mãos à obra. Carreiras e mais carreiras vão dando forma ao que está só em pensamento. E para sair da mesmice, as voltinhas foram repaginadas e não viraram tapetinho. Foram parar na mesa, como descanso de panela ou simplesmente para fazer uma graça e encher de mimos uma mesa de chá ou café da tarde.


 Crochetei com o fio Barroco Círculo e agulha número 4,0. Usei três cores diferentes, com um contraste legal. Duas mescladas, amarela e laranja, e uma cor lisa, o verde abacate.


Fiz círculos de aproximadamente 25cm de diâmetro, em carreiras de pontos altos e pontos baixos. Finalizei com uma carreira de biquinho bem simples.


Para dar mais forma e estrutura aos meus descansos de panela, forrei os círculos de crochê com feltro.









Dessa forma, rodando as voltas que a vida dá, vira e mexe, inventando e repaginando a gente retoma o que gosta de fazer. Fica feliz com o resultado e segue adiante. Sempre!!!

Feliz por voltar a falar com vocês por aqui.
Inté!



Golinha de babados

sexta-feira, 18 de julho de 2014

Eu gosto de passar adiante o que eu faço e gosto mais ainda de aprender com as amigas que partilham o gosto pelos fios e agulhas. Essas peças que mostro hoje, foram feitas a partir de um modelo que uma colega criou, a Josimar, do blog Artes da Josimar.










Feitas com os fios de babado, essas golinhas ficam um charme e podem ser usadas mesmo que não esteja muito frio. O modo de fazer também é bem simplificado e para melhorar mais ainda tem até um vídeo ultra explicativo. Dá uma olhada nisso:





Eu já fiz várias, com fios de babado diferentes. Todas ficaram ótimas! Espero que vocês também gostem!




Gola Sedificada

quarta-feira, 16 de julho de 2014

O frio chega e vai embora, volta e some novamente. E assim é o inverno no sudeste desse país chamado Brasil. As apaixonadas por duas agulhas ficam num dilema terrível: tricotar o que para usar nesses dias de temperatura variável? Minha sugestão é ir de gola.




Gola solta, gola torcida, gola volumosa e vistosa pra todos os dias. Usar sem medo sobre camisetas ou camisetes. E se o frio vier mesmo, usar com casaquetos ou casacões. O importante é ter o que tricotar e usar, é claro!!!

Minha gola torcida dessa vez, foi feita com o fio Sedificada-Pingouin, num tom de azul petróleo. Mas pode se aventurar que a cartela de cores dessa lã é muito linda. Muito fácil de fazer!!!

Receita:

2 novelos de 100 gramas de Sedificada/Pingouin
Agulhas número10

O trabalho é fio com dois fios. Coloque 30 pontos nas agulhas e trabalhe da seguinte maneira: 1 tricô, 1 laçada, 2 juntos em tricô. Siga sempre essa sequência, sem errar. Faça a mesma coisa tanto nas carreiras do direito como do avesso.
Trabalhe até atingir a medida de 70 cm. Arremate. Costure torcido e está pronta a sua gola. Para entender melhor como costurar, veja aqui como eu faço.

E vamos sempre adiante, tricotando pontinho por pontinho e sendo feliz!

Beijo e inté mais ver!!!



Frio... com orelhas quentes!

sábado, 21 de junho de 2014

Para celebrar o início do inverno no hemisfério sul, tem receitinha fácil de fazer e gostosa de usar: faixa de cabeça mais larguinha para esquentar as orelhas. O mimo ficou por conta de uma flor de crochê toda linda com miolo de botões variados. 



E a gente fica feliz de sair como que brotou de nossas mãos.




Vambora tricotar??!!

Material:
1 novelo de Francia/Cisne - coleção 2014
Agulhas número 7
Botões variados





Modo de fazer:
Coloque 14 pontos e trabalhe em ponto arroz simples. Não sabe o que é ponto arroz? Lá vai: 1 tricô, 1 meia, 1 tricô, 1 meia... até o final da carreira. Na carreira seguinte: 1 meia, 1 tricô. 1 meia, 1 tricô....
A seguir volte para o que fez na primeira carreira. Simples, né? Tecer até sua faixa atingir a medida de 40 a 45 cm. Antes de arrematar confirme medindo na sua cabeça se está bom. A medida deve ficar bem certinha na volta da cabaça, para não ficar caindo. Costurar ponta com ponta.
Para dar o charme extra, faça uma flor de crochê grande e costure os botões variados no miolo. Costure a flor na lateral da faixa.
Não tenho o gráfico dessa que eu fiz. Faça um modelo que você preferir!




Eu fiquei feliz com o resultado...
E você?









Gola de tricô forrada com tecido

quarta-feira, 11 de junho de 2014

Imagine a possibilidade de juntar duas fofuras... lã grossa e tecidinho estampado! Super tentação, não é mesmo? Essa foi a minha sensação quando uma amiga me apresentou o trabalho de um ateliê português. Conheça o trabalho aqui.
Fiquei encantada e morrendo de vontade de tentar fazer algo parecido. Ideia mais que supimpa!!!




Fui atrás das minhas agulhas e lãs bem grossas...





Escolhi a lã Topp da Cisne - Coleção 2014 - cor uva - 2 novelos de 100 gramas
Agulhas número 12
Coloquei 24 pontos e trabalhei 70 cm em ponto tricô apenas.




Costurei as duas pontas para formar uma gola circular simples.
Depois disso, foi a hora do paninho: escolhi uma estampa e costurei com pequenos pontinhos à mão pelo lado de dentro da gola.




E essa foi a minha releitura da formosa gola portuguesa. Ficou ampla e muito quente! Ideal para as amigas que moram no sul ou que vão viajar para lugares onde faz muito frio. A combinação tecido de algodão e lã rende muito calor para os pescocinhos. Ah! E o detalhe mais que fofo: a gola pode ser usada dos dois lados, ou seja, você que escolhe se quer o tricô ou tecido encostando na sua pele.


Por hoje é isso!
Grande beijo à amiga Nilce por me apresentar esse trabalho lindo e inspirador!




Delícia de quadradinhos

terça-feira, 10 de junho de 2014



Sabe aquelas sobrinhas de fios que a gente acha que não vai dar pra nada?
Epa! Peraí!!!
Dá para fazer coisas muito fofas e não perder nadinha!!!




Dessa vez, deu para fazer uma almofada fofa com as cores do outono. Tons terrosos foram se juntando e com nove quadradinhos formei um dos lados da almofada. O outro lado (que esqueci de fotografar! sniff!), fiz um quadrado só, grande, com carreiras alternadas dos mesmos tons. Reciclei minhas sobras e ainda ajudei. Doei essa peça para o bazar da minha paróquia.




Pequenos detalhes fazem a diferença... Sempre!!!



Então aproveite a dica e nada de sobras!!!





Por onde andei, ou melhor, pedalei nos últimos tempos

quarta-feira, 21 de maio de 2014

Meus leitores queridos, que ainda passam por aqui para saber o que estou fazendo e... nada! Nada de posts atualizados, nada de modelitos, nada de trabalhos. O que acontece com a pessoa aqui é que muita coisa mudou. Não deixei de amar minhas agulhas, linhas, botões e lãnzinhas. O que aconteceu é que uma nova paixão tomou conta do meu coração.
As tardes livres de domingo e as noites longas do outono-inverno deixaram de ser passadas no sofá da minha salinha. Uma magrela louca apareceu na minha vida e tem me levado por caminhos nunca trilhados. Pois é, comecei a pedalar e estou num vício total pelos momentos em que fico sentadinha num pequeno selim a admirar paisagens, amanheceres, poentes e tudo o mais que encontro pelo meu caminho. Descobri que existem vários malucos com a mesma "doença" que a minha, então, para piorar, encontrei companhia. Situações de conversa fiada, risadas bobas e intenso companheirismo vieram de brinde.
Fiquem tranquilos que não abandonei minhas manualidades, não! Elas continuam a me fazer feliz também! Apenas aguentem firme e continuem a dar uma passadinha por aqui de vez em quando. Meus trabalhinhos continuarão a pipocar uma hora ou outra.



Os cestinhos acima foram feitos em crochê (ponto baixo) com fio de malha e agulha bem grossa (10mm). Fica aqui a sugestão de fazê-los em diferentes tamanhos para usar como a criatividade mandar: cachepôs, porta trecos ou cestos para guardar as mais diversas miudezas.



Para começar

quarta-feira, 5 de fevereiro de 2014


O ano já está rolando e é preciso retomar as atividades por aqui. Impossível não comentar sobre o calor desse verão, que está fora de série. Nossa região sudeste do Brasil parece que mudou de lugar no mapa... sinto-me no agreste nordestino de tão quente e seco. Reservatórios de água em níveis mínimos e temperaturas altíssimas. Coisa de "loco"! Mas vamos levando mesmo debaixo desse sol de rachar mamona, literalmente!
Bom, fazer tricô ficou em segundo plano. Porém, tem mais coisinhas que a gente gosta de fazer, não é mesmo? Depois de tomar limonada gelada, verdadeira campeã no ranking de delícias para dias quentes, hehehe, também tem costurinhas com tecidos de cores claras e luminosas.




Feitos os devidos composês, costurei pedacinhos irregulares na técnica chamada "crazy". Amei o resultado e vim compartilhar com vocês.




Fiz de presente para uma amiga querida que me ajudou muito no ano passado. Parece que ela gostou muito!




Para compor meu presente, complementei com sacolinha de algodão ecológico. Algumas florzinhas de crochê apareceram para integrar o conjunto.




Agora tem uma coisa que eu quero saber, você gosta de costurar ou tem interesse em postagens sobre esse tema? Sei que meus/minhas leitoras acabam chegando aqui principalmente pelas receitas de tricô, mas também gosto muito de costurar e queria saber se é legal ter postagens desse tipo aqui no T&A.
Aguardo seus comentários.

Grande abraço a todos e um ano repleto de cores, sabores, criatividade e felicidade!!!




Feliz Natal pra você!

domingo, 22 de dezembro de 2013




Minha mensagem de Natal vem em forma de letra de canção que em algumas dúzias de palavras consegue trazer tudo o que importa nessa vida:



Eu te desejo
Não parar tão cedo
Pois toda idade tem
Prazer e medo

E com os que erram
Feio e bastante
Que você consiga
Ser tolerante

Quando você ficar triste
Que seja por um dia
E não o ano inteiro
E que você descubra
Que rir é bom
Mas que rir de tudo
É desespero

Desejo
Que você tenha a quem amar
E quando estiver bem cansado
Ainda exista amor
Pra recomeçar
Pra recomeçar

Eu te desejo muitos amigos
Mas que em um
Você possa confiar
E que tenha até
Inimigos
Pra você não deixar
De duvidar

Eu desejo
Que você ganhe dinheiro
Pois é preciso
Viver também
E que você diga a ele
Pelo menos uma vez
Quem é mesmo
O dono de quem

Desejo
Que você tenha a quem amar
E quando estiver bem cansado
Ainda exista amor
Pra recomeçar



Feliz Natal pra você que acessa esse humilde bloguinho e que, mesmo sem me conhecer pessoalmente, consegue me estimular a aperfeiçoar minhas manualidades. Que esse momento de reviver o nascimento de Jesus possa ter o poder de fazer brotar muitos sentimentos bons dentro de cada um.

Fiquem com Deus!



Árvores de Natal... tudo de bom!!!

quinta-feira, 19 de dezembro de 2013


Ah! Que delícia encher a casa de enfeites mimosos, luzinhas e noéis fofos. Que delícia se contagiar por essa época mágica e deixar a beleza de fora também invadir o coração. Vários objetos simbolizam coisas boas. Dentre eles a árvore natalina tem todo o seu significado especial. Então, de várias formas e materiais ela pode aparecer aqui e acolá. Além da tradicional de pinheirinho natural ou artificial, as mais estilizadas, feitas sobre cones de isopor ficam muito lindas. Olha só as que eu fiz! 




Nessa de Noel, menorzinha, usei a mesma técnica das bolas que eu já mostrei aqui.





Abaixo está a inteira de flores de feltro.





Mais uma de patch embutido. Detalhe para a carinha do Noel, recortada conforme a estampa de um tecido.




Ficou fofa, não?





E essa com passamanaria dourada, bem fofinha.





Decorar tudo com muito amor é muito bom, mas lembre-se: o mais importante é também estar enfeitado por dentro com muitos sentimentos bons!

Beijos pra todo mundo!!!




Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

  © Blender DMP

Retornar ao TOPO